Juros do empréstimo pessoal sobem, aponta Procon-SP

 Juros do empréstimo pessoal sobem, aponta Procon-SP

A taxa média do empréstimo pessoal subiu de 5,85% ao mês em outubro para 5,90% em novembro, de acordo com a pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP e divulgada nesta sexta-feira.

A única redução entre os sete bancos pesquisados foi verificada no Banco do Brasil, no qual o percentual passou de 5,35% para 5,31%. Já o Itaú fez o movimento inverso, subindo de 6,45% para 6,80%.

No cheque especial, a taxa média permaneceu em 9,55% ao mês. Houve quedas nos juros cobrados no Banco do Brasil (de 8,45% para 8,41%) e no Itaú (de 9,03% para 8,99%). Já a Caixa Econômica Federal elevou o percentual de 8,20% para 8,25%.

O órgão alerta que “o cenário ainda não é favorável para a contratação de crédito”. Por isso, “o consumidor deve organizar melhor o orçamento com o objetivo de evitar gastos desnecessários” e, “se o empréstimo for realmente necessário, pesquisar as alternativas de crédito mais baratas”.

O levantamento foi realizado no dia 3 de novembro e envolveu as seguintes instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. Para a taxa do empréstimo pessoal, foi considerado o período de 12 meses, já que todos os bancos pesquisados trabalham com esse prazo. Para o cheque especial, o intervalo levado em conta na pesquisa foi de 30 dias.

Taxa de juros ao mês em novembro

Empréstimo Pessoal
Banco do Brasil – 5,31%
Bradesco – 6,33%
Caixa Econômica Federal – 5,45%
HSBC – 5,99%
Itaú – 6,80%
Safra – 5,40%
Santander – 5,99%

Cheque Especial
Banco do Brasil – 8,41%
Bradesco – 8,93%
Caixa Econômica Federal – 8,25%
HSBC – 9,95%
Itaú – 8,99%
Safra – 12,30%
Santander – 9,99%

 

Att.,
Dr. Davi Chedlovski Pinheiro
www.pinheiroadvogados.com.br
OAB/PR 2375

Postado em  11/11/2011

Reblogado de: http://www.coblog.com.br/blog/index.php?cb=pinheiro&tipo=integra&id=53