FIES atrasa repasses à UniBrasil que nega a rematrícula aos alunos

Apesar da instituição não saber quantos estudantes sofrem com o problema, alunos afirmam que são mais de 90 pessoas dos cursos de Biomedicina, Farmácia, Nutrição e Enfermagem

 

DENISE DRECHSEL

Universitários da UniBrasil correm risco de perder estágios e de não concluir a faculdade. Isso porque a instituição começou a recusar a fazer as rematrículas dos alunos vinculados aoFies – fundo de financiamento do Ministério da Educação (MEC) – que não estão conseguindo confirmar, no site do programa, o interesse do estudante em continuar a usar o benefício, operação chamada de aditamento. Os envolvidos também têm 50% da bolsa pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

Apesar dos estudantes não estarem conseguindo fazer o aditamento do Fies há dois anos e meio, a instituição continuou a fazer as matrículas nos últimos dois semestres. Em janeiro de 2013, no entanto, passou a negar o registro acadêmico desses alunos, alegando não estar recebendo mais os repasses da União referentes ao Fies e convidando os interessados a pagarem o boleto da mensalidade.

Depois que o site da Gazeta do Povopublicou uma reportagem sobre o assunto, a UniBrasil informou que dez alunos foram procurados ontem para regularizar suas matrículas. Eraldo Luiz Silvestrin, Diretor Administrativo e Financeiro da UniBrasil, informou ainda que a instituição dará respostas a todos os estudantes.

O MEC divulgou, em nota, que divergências entre as bases de dados do ProUni e do Fies impediram a renovação semestral do financiamento e que providências estariam sendo adotadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para regularizar os contratos. Mas não confirmou que está há dois anos e meio sem fazer os repasses.

Apesar da UniBrasil informar que o problema atinge apenas duas dezenas de alunos – mas que não teria ainda o número exato -, os estudantes que procuraram a Gazeta do Povo afirmam que mais de 90 alunos sofrem do mesmo impasse nos cursos de Biomedicina, Farmácia, Nutrição e Enfermagem. “Conversando com colegas chegamos a uma lista de 91 nomes, só dos conhecidos”, conta Aline Alves do Santos, 21 anos, do curso de Biomedicina. “Quando não conseguia fazer o aditamento, no ano passado, os funcionários da UniBrasil diziam que era um problema no MEC e ponto, que eu não me preocupasse; acabou nisso”, conta.

Só na UniBrasil

A Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), entidade responsável por fazer uma denúncia contra o MEC em 2011 apontando falhas nos repasses do Fies, confirmou que não há mais reclamações das instituições de ensino superior, vinculadas à Federação, em relação ao Fies. “Depois da denúncia que fizemos, o governo regularizou os repasses, mas não temos como saber do caso da Unibrasil, pois ela não faz parte da nossa federação”, disse Amábile Pácios, presidente da Fenep.

Procuradas, outras instituições privadas de ensino superior no Paraná negam terem problemas de repasses com o Fies.

Att.,

Dr. Davi Chedlovski Pinheiro

www.pinheiroadvogados.com.br

OAB/PR 2375