Citigroup concorda em pagar US$ 730 mi para encerrar processo.

O Citigroup concordou em pagar 730 milhões de dólares para resolver um processo de classe feito em nome de investidores que afirmaram ter sido mal orientados pelas informações fornecidas pela companhia.

 

size_590_157661587

 

Os compradores da dívida do banco e de ações preferenciais entre 2006 e 2008 alegaram que houve omissões e informações incorretas em informes fornecidos pelo banco, disse o Citigroup em um comunicado nesta segunda-feira, no qual anunciou o acordo.

Os investidores acusaram o banco de fornecer informações imprecisas sobre reservas declaradas para perdas para suas hipotecas residenciais de alto risco, e de falsamente declarar que ativos de alto risco tinham alta qualidade de crédito, de acordo com o Bernstein Litowitz Berger & Grossman, escritório de advocacia que representou fundos de pensão e outros investidores no caso.

O banco negou as alegações e disse ter feito um acordo para encerrar o litígio, o qual será coberto por reservas destinadas a esses tipos de despesas.

A ação de classe foi registrada em nome de compradores de 48 ofertas de ações preferenciais e títulos, disse o escritório de advocacia.

(com Reuters)

 

Att.,
Dr. Davi Chedlovski Pinheiro
www.pinheiroadvogados.com.br
OAB/PR 2375