Empréstimo consignado deve ser informado no IR.

A Receita Federal espera receber 26 milhões de declarações em 2013. Todos os contribuintes que receberam no ano passado rendimentos tributáveis superiores a 24.556,65 reais precisam prestar contas ao Fisco. Quem deixar de entregar o IR 2013 pode ser multado em 165,74 reais ou ser obrigado a pagar 20% do valor do imposto devido. A pergunta abaixo pode ajudá-lo a preencher sua declaração de renda.

 

Empréstimo-Consignado-CliqueCred-Imposto-de-Renda

 

Tenho um empréstimo consignado de 24 meses. Já paguei doze parcelas e agora faltam outras doze. É preciso declarar o empréstimo no ajuste anual? Em qual lugar exatamente? Há um valor mínimo que obrigue o contribuinte a declarar esse empréstimo?

O empréstimo consignado é um empréstimo bancário e se caracteriza como dívida. Portanto, é preciso incluir a contratação do empréstimo na declaração de ajuste anual, independentemente do valor recebido ou devido.

Informe na ficha de Dívidas e Ônus o valor que constava como sua dívida em 31.12.2011. No campo de 31.12.2012, informe o saldo devedor até essa data.

Pergunte

Envie suas dúvidas sobre o IR 2013

Nós do Pinheiro Advogados queremos ajudá-lo a esclarecer suas dúvidas sobre o preenchimento da declaração, que deve ser transmitida para a Receita Federal entre 1º de março e 30 de abril. Suas perguntas serão respondidas por uma equipe de especialistas. Escreva para contato@pinheiroadvogados.com.br

Dúvidas – Em sua página na internet, a Receita Federal mantém uma lista de perguntas e respostas das dúvidas mais frequentes.

Manual – O Centro de Orientação Fiscal (Cenofisco), parceiro do site de VEJA no IR 2013,disponibilizou um manual para auxiliar no preenchimento da declaração. O material, com 89 páginas, aborda detalhadamente os principais pontos da declaração.

 

Att.,
Dr. Davi Chedlovski Pinheiro
www.pinheiroadvogados.com.br
OAB/PR 2375