American Express lucra US$ 1,28 bilhão no 1º trimestre

O lucro líquido da American Express subiu 1,9% no primeiro trimestre de 2013, para 1,28 bilhão de dólares (1,15 dólar por ação), de 1,26 bilhão de dólares (1,07 dólar por ação) no mesmo período do ano passado. Na mesma comparação a receita aumentou 3,9%, para 7,88 bilhões de dólares, e foi parcialmente afetada pelo impacto das taxas de câmbio.

exrpress

Analistas previam lucro por ação de 1,12 dólar e receita de 8,03 bilhões de dólares. Os gastos com cartão de crédito subiram 6% em termos anuais, para 224,5 bilhões de dólares, depois de crescer 8% no quarto trimestre do ano passado e 12% no primeiro trimestre daquele ano.

Embora a receita tenha sido mais fraca do que o esperado, a companhia fez progresso nos esforços para limitar o crescimento dos gastos operacionais. O aumento nesses gastos foi de cerca de 1,1%, para US$ 3,1 bilhões, enquanto os gastos totais subiram 1,4%, para 5,5 bilhões de dólares. A AmEx pretende cortar 5,4 mil empregos neste ano e manter o crescimento dos gastos operacionais abaixo de 3% anualmente durante os próximos dois anos.

A provisão para perdas subiu para 497 milhões de dólares no primeiro trimestre deste ano, de 412 milhões de dólares um ano antes, mas caiu em relação a 638 milhões de dólares no quarto trimestre. A taxa de inadimplência para os empréstimos em cartão de crédito nos EUA ficou em 1,2%, de 1,3% um ano antes, enquanto a taxa de empréstimos inadimplentes em cartões de crédito diminuiu para 2,0%, de 2,3%. A carteira de crédito da AmEx aumentou 4,2% em termos anuais, para 53,6 bilhões de dólares.

(com Estadão Conteúdo)