SPC e Serasa apontam crescimento nas vendas para o Dia das Mães

As vendas do varejo na semana que antecedeu o Dia das Mães cresceram 6,4% neste ano na comparação com igual período do ano passado, informou o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O resultado confirmou as expectativas da instituição, que estimava alta de 6% nas vendas para a data.

No ano passado, a variação na comparação com o ano anterior havia sido de 4,4%. A data é considerada pelos lojistas como a segunda mais importante em faturamento e volume de vendas no varejo, perdendo apenas para o Natal.

“É um resultado excelente para o comércio. A semana do Dia das Mães coincidiu com a folha de pagamento de boa parte dos consumidores, o que é um incentivo a mais para o movimento nas lojas”, comentou, em nota, o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Roque Pellizzaro Junior.

11065_1

Serasa – De acordo com o Serasa Experian, o crescimento nas vendas nacionais foi de 5,3%. O resultado foi considerado razoável pela empresa de análise de crédito, já que o número vem apresentando uma desaceleração desde 2012, quando o crescimento foi de 7,3%.

“Não é um crescimento que dê para reclamar, apesar de ter sido menor que no ano passado”, disse o economista da Serasa Experian, Carlos Henrique Almeida. Segundo a instituição, o crescimento nas vendas não foi maior por um fator principal: a inflação. Para Almeida, a alta nos juros também influenciou no desempenho do varejo.

Na região metropolitana de São Paulo, a empresa de avaliação de crédito registrou um crescimento de 4,5%. O resultado foi melhor que o esperado, pelo menos quando se leva em conta uma pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), que apontava uma redução de 4,1% nas vendas.

(com Estadão Conteúdo)

Att.,
Dr. Davi Chedlovski Pinheiro
OAB/PR 2375