Santander aposta no setor de PMEs para crescer

20130916-092941.jpg
O Banco Santander Brasil, em sua política de expansão e atuação no país sul-americano, aposta no mercado de pequenas e médias empresas, fortalecido recentemente com a criação de um Ministério específico para o setor, disse nesta sexta-feira o presidente da entidade, Jesús Zabalza. “Já nos encontramos com o ministro (Guilherme) Afif Domingos. Nós somos um banco líder, atuamos no financiamento e no desenvolvimento das pequenas e médias empresas”, assinalou.
O modelo de financiamento aplicado pelo Santander em outros países está sendo apresentado às autoridades brasileiras. “Aqui queremos ajudar o governo trazendo outras práticas que nós também conhecemos, do México, do Chile, da Espanha e de outros lugares do mundo”, apontou. Segundo Zabalza, a ideia é desenvolver um plano conjunto e aproveitar o potencial do setor das pequenas e médias empresas no Brasil. “Achamos que um país desenvolvido necessita de pequenas e médias empresas muito desenvolvidas e fortes porque são elas que geram o emprego”, pontuou o executivo.
Uma das “linhas fundamentais” para atuar no segmento, ressaltou Zabalza, é a de compras com cartões de crédito e débito, cuja plataforma está sendo desenvolvida com a GetNet, empresa recentemente adquirida pelo banco espanhol. Zabalza afirmou que já entrou em contato com o governo para ver como colocar em prática a medida.
Zabalza acompanhou na quinta-feira o presidente mundial do banco, Emilio Botín, em reunião com a presidente brasileira, Dilma Rousseff, à qual o banco transmitiu a intenção de financiar 10 bilhões de dólares de crédito para as empresas que queiram participar de projetos estatais de infraestrutura.
(com EFE)